Pesquise no Google

segunda-feira, 19 de maio de 2014

24 MÉDICOS CUBANOS COMEÇAM A ATUAR NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NESTA SEGUNDA-FEIRA

Além dos seis médicos cubanos que já estão atendendo a população, outros 24, começam nesta segunda e mais 30 serão deslocados para as unidades, no decorrer desta semana

Após um período de adaptação e treinamentos os médicos cubanos começam a atuar exclusivamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A partir desta segunda (19), 24 médicos, começam a atender os pacientes. Outros seis médicos cubanos, que chegaram no 1º Ciclo do programa do Governo Federal, ‘Mais Médicos’, já estão atuando.

Ainda durante esta semana mais profissionais deverão iniciar os trabalhos. Ponta Grossa foi a cidade do Paraná, com população maior que 352 mil habitantes, que recebeu o maior número de médicos do programa do Governo Federal ‘Mais Médicos’, totalizando 60. Além dos 24 médicos que iniciam o atendimento nesta segunda (19), outros 30 devem ser descolocados para as UBS, a partir desta semana.


Com isso, será possível ofertar mais 1.200 consultas por dia, somando com as 1.300 que já são ofertadas na rede básica de saúde, conforme levantamento da Secretaria Municipal de Saúde. “Estamos vivendo uma fase de grandes avanços na área de saúde, a vinda destes sessenta médicos para o município, representa o nosso trabalho, a dedicação que tivemos em Brasília, juntamente, com o deputado federal, Sandro Alex, a Secretaria de Saúde, que também trabalhou muito para que a cidade fosse contemplada com um maior número de médicos.

Nesta segunda estes profissionais começam a atender em unidades que estavam carentes de atendimento, os demais serão encaminhados para outras unidades, durante esta semana. A prefeitura está trabalhando para a realização do concurso público para a contração de mais trinta médicos. Quando falamos em saúde pública é preciso começar pela atenção básica, por isso, estamos cumprindo com o nosso papel, que é melhorar e ofertar o maior número de consultas para a população. Unidades distantes como os distritos de Uvaia, que contempla também a região de Pinheirinhos, também serão contemplados, além da Vila Jamil e outras áreas distantes do Centro”, destaca o prefeito Marcelo Rangel.

De acordo com a secretária de Saúde, Ângela Pompeu, os médicos estão sendo deslocados para as unidades que possuem mais carência de atendimento. “No nosso planejamento optamos por priorizar o atendimento nas unidades que enfrentam maior falta de médicos, na medida em que os demais profissionais terminarem o processo de adaptação, de treinamento, imediatamente vão começar a trabalhar”, diz.

O prefeito Marcelo Rangel comemora o fato de que com os médicos estrangeiros e a contratação de médicos por concurso público, será possível eliminar a defasagem que existe na oferta de consultas na atenção básica. “A Organização Mundial de Saúde e o Ministério de Saúde, preconizam que cada habitante faça ao menos duas consultas por ano. Hoje o município possui uma defasagem de aproximadamente 300 consultas diárias.

O município oferta aproximadamente 1.300 consultas por dia. O ideal seriam cerca de 1.600. Com a vinda dos novos médicos do programa Mais Médicos e com a contratação dos profissionais por concurso público, Ponta Grossa, vai até superar estes números, podendo chegar a ofertar mais 1.200 consultas diárias, além das 1.300 que já são ofertadas. Entre as Unidades Básicas de Saúde que vão receber médicos nesta semana estão: Alceu Shuli (Praça Getúlio Vargas-Nova Rússia), Antonio Schwanzze, (Santa Luzia), Antonio Russo (Centro), Carlos Ribeiro de Macedo (Parque do Café),Luis Fernanando Cajado Braga (Cristo Rei), Parteira Caetana (Bonsucesso), Antonio Saliba (Parque dos Sabiás),Madre Josefa (Olarias), Antero de Melo (Rio Verde/Pitangui), Felix Viana (Vila Hilgemberg/Vila Cristina), Carlos Dzaunet (Shangrilá), Adam Polam (Palmeirinha), José da Silva Ribeiro (Jardim Esplanada).

PSF do Parque Nossa Senhora das Graças será inaugurado nesta semana

Mais de 15 mil pessoas serão atendidas na região do Parque Nossa Senhora das Graças e Jardim Esplanada Com estruturas modernas para atender aproximadamente 15 mil usuários por mês, será inaugurada nesta semana a unidade que será o Programa de Saúde da Família (PSF) do Parque Nossa Senhora das Graças e que contempla também o Jardim Esplanada.

No local seria construído um Centro de Atenção à Saúde (CAS), mas com o objetivo de priorizar ainda mais a atenção básica, a prefeitura, optou por implantar no local o Programa de Saúde da Família. O local contará com três equipes de PSF atuando diariamente. “Estamos muito felizes por que vamos entregar uma unidade com instalações modernas, onde não serão feitas apenas consultas, mas também um atendimento voltado para a prevenção em saúde.

O local também terá atividades voltadas para pacientes com doenças crônicas. As famílias desta região serão beneficiadas com um atendimento de qualidade. Decidimos implantar o Programa de Saúde da Família nesta localidade, para que as pessoas tenham um atendimento básico ainda melhor. Acreditamos que com isso, é possível, reduzir a lotação no Hospital Municipal e demais hospitais. É impossível desenvolver uma saúde pública de qualidade, sem antes, melhorar o atendimento básico”, diz o prefeito Marcelo Rangel.

Fonte: prefeitura